revista b / decoração

Decoração

Feng Shui: 10 dicas para uma vida próspera e equilibrada

Propostas simples para desfrutar do poder e dos benefícios do Feng Shui, e viver uma vida cheia de abundância e harmonia.





Já deu por si a sentir que determinados espaços influenciam o seu bem-estar? Sabia que existe uma relação direta entre o local onde vive e trabalha e a forma como se sente? A explicar isto está o Feng Shui, que significa Vento e Água e que visa harmonizar a energia vital – Chi –, para que esta circule livremente nos espaços. E porque energia positiva é o que todos desejamos, deixamos-lhe algumas dicas desta arte oriental com mais de três mil anos, que trabalha a influência dos espaços no bem-estar humano. Regra básica para a boa energia fluir é arejar os ambientes, ter luz do sol, plantas e flores naturais nos lugares onde vivemos e trabalhamos. Citando Dominique Loreau no livro A Arte da Simplicidade: “A arte de viver tão plenamente quanto possível é a arte da simplicidade.”
Tome nota:

1

Organize e limpe cada divisão da casa

Ter a casa arrumada e limpa resulta em sentimentos de calma e relaxamento. Procure organizar as gavetas dos armários dos quartos, da cozinha, do escritório e faça tudo com plena atenção e sempre consciente de que as mudanças estão a acontecer na sua vida. Dê especial atenção à sua cozinha e se puder utilize a cor amarela que atrai a prosperidade. Esta divisão deve estar sempre arejada, iluminada e impecável, sobretudo o fogão.



2

Posicione os móveis corretamente

Isto significa evitar os cantos, uma vez que impedem a livre circulação de energia positiva pela casa. Assim, os móveis devem ser dispostos de forma a não atrapalhar a passagem das pessoas, que é um reflexo de energia. As formas arredondadas são as preferidas no Feng Shui, pois facilitam a circulação. Procure manter arejados, limpos e bem iluminados, lugares como corredores compridos, vãos de escada, sótãos ou divisões da casa que não utiliza, evitando a sensação de abandono.



3

Largue o velho receba o novo

Livre-se de tudo o que já não utiliza, sejam móveis, objetos, roupa, revistas, isto é, tudo o que vive consigo em excesso. Note que o simples ato de libertar espaço, de deitar fora o velho e abrir espaço ao novo, tem um efeito calmante sobre a mente. Repita este processo muitas vezes. E ponha uma coisa nova em casa quando se livrar de uma velha.



4

Deixe a água fluir

A água é um símbolo milenar de abundância e prosperidade e promove sensações de relaxamento e transmite harmonia. Assim, é fundamental instalar em casa uma fonte de água. Ou, pelo menos, ter um aquário. Mas atenção à utilização da água, que está muito ligada à energia das emoções. Assim, mantenha sempre a tampa da sanita e a porta da casa de banho fechadas, e não ponha água à frente, acima ou abaixo do fogão ou da cama.



5

Dê vida com plantas, flores e frutos

A vida vegetal promove boas energias e há que usar e abusar de plantas e flores frescas, assim como de fruta, um pouco por todo o espaço onde habita e trabalha. Estes seres vivos têm uma forte influência tranquilizadora e irradiam uma grande energia de paz, além de serem excelentes e naturais purificadores do ar. São mesmo uma lufada de ar fresco onde quer que esteja. Evite as plantas com espinhos, como os catos. Ter plantas na casa de banho é fundamental para as emoções fluírem livremente. O Feng Shui diz que as melhores flores para ativar a energia do amor são as rosas vermelhas sem espinhos, as tulipas vermelhas, as angélicas, o hibisco e o jasmim. E para ter mais paixão, opte pelos cravos vermelhos.



6

Reflita a energia através dos espelhos

Os espelhos costumam ser considerados a “aspirina” do Feng Shui, isto porque se acredita que podem funcionar como remédios, promovendo curas nos ambientes, ao emanar e dinamizar o fluxo da energia vital, Chi, através das propriedades vibratórias do metal. Os espelhos ajudam a refletir a luz nas várias áreas da casa e a criar a ilusão de mais espaço, por isso são muito bons para escritórios e corredores. E se quiser pôr um no hall de entrada, posicione-o lateralmente, para que ajude a encaminhar tranquilamente o Chi para dentro do ambiente. Mas atenção: não ponha um espelho em frente à sua cama ou que reflita onde dorme, porque não beneficia o descanso.



7

Separe as áreas de trabalho e de descanso

As áreas onde trabalha e descansa devem estar bem definidas e separadas em casa. Se estão muito próximas ou até mesmo juntas, não favorece nem uma nem outra. Por isso, convém haver uma divisão clara destes ambientes. Fundamental é mesmo deixar o material de trabalho no escritório e não o levar para o quarto. O Feng Shui também aconselha a deixar fora do local onde dorme objetos eletrónicos como a televisão, o tablet, e até o telemóvel. Procure criar o ambiente de trabalho no escritório, de descanso no quarto e de lazer na sala de estar.



8

Trate das reparações urgentes

Conserte tudo o que em sua casa não esteja a funcionar bem, que esteja estragado ou avariado, isto porque impede o bom fluxo de energia. Assim, trate de arranjar uma porta difícil de abrir, janelas que emperram, torneiras que pingam, lâmpadas, relógios, aparelhos elétricos, rachas nas paredes, vidros, louças... O importante é manter o bom funcionamento em sua casa e dos seus utensílios.



9

Escolha bem as fotografias e os quadros

O Feng Shui diz que os objetos, quadros, móveis, cores e imagens transmitem muita energia porque carregam memórias e emoções associadas. Por isso é preciso dar atenção e saber escolher os que emanam vibrações positivas. Assim, evite expor fotos de pessoas que já morreram, visíveis no dia a dia, e guarde-as em álbuns ou gavetas. Ponha também de parte imagens que revelem algum tipo de tristeza ou conflito. O ideal é que as imagens, objetos expostos lembrem pessoas, lugares e momentos felizes e verdadeiros. Uma boa dica é ir renovando as fotos e os quadros, para que a energia também se movimente e atualize. A cor branca é a aconselhável, não só para as portas e janelas, mas também para as molduras. E é bom usar o branco para destacar objetos e quadros mais coloridos.



10

A cor e a forma

No Feng Shui são trabalhados os opostos complementares Yin e Yang (passivo e ativo, feminino e masculino, escuro e claro, respetivamente), no intuito de equilibrar estas energias por meio dos cinco elementos chineses: Fogo, Água, Terra, Árvore (Madeira) e Metal. De certa forma estes elementos estão associados ao estímulo dos cinco sentidos e, através das cores e formas de cada um, pretende-se dar uma vida saudável à casa e aos que nela habitam.



A sua opinião é muito importante para melhorarmos!

Procuramos melhorar cada edição que fazemos. Contamos com a sua ajuda para avaliar este artigo e a revista b. Basta apenas 1 minuto.

Quero dar a minha Opinião