revista b / gourmet

Gourmet

Os mercados de bairro renascem!

Os mercados de bairro já não são o que eram. Seguindo o caminho da renovação culinária dos restaurantes, estão a ser reinventados, deixando de ser simples pontos de venda.



Madrid e Barcelona têm alguns dos exemplos mais significativos desta nova tendência, mas Lisboa e Porto seguem os mesmos passos. Deixando de ser apenas um espaço de venda de produtos alimentares, são hoje verdadeiros locais de prazer gastronómico e convívio. Sem abandonarem o seu papel de mercado tradicional, incluem agora a oferta de restaurantes, livrarias e até espaços de exposições.

Mercado de Campo de Ourique

Fundado em 1934, é um dos mais antigos de Lisboa e foi o primeiro a ser renovado, em 2013, com um conceito gourmet, inspirado no modelo do Mercado de San Miguel, em Madrid. Foram criados quiosques com capacidade para 16 lojas especializadas em diversas áreas como o bacalhau, as francesinhas, o marisco, o sushi ou a pastelaria. Se, por exemplo, na loja do peixe ou da carne pode escolher a peça e pedir que a cozinhem à sua vontade, no café pode comprar um quilo do dito para levar ou ainda adquirir fruta no mercado e pedir que a transforme em sumo.

www.mercadodecampodeourique.pt

Time Out Mercado da Ribeira

Apesar de seguir a tendência internacional dos últimos anos, este mercado, inaugurado há um ano, é mais ambicioso. Ao estilo do que a revista Time Out divulga, tem sido um projeto que muito tem valorizado a cidade de Lisboa. Da cozinha de autor à popular; da mercearia tradicional a espaços contemporâneos; do prego ao sushi criativo, do hambúrguer gourmet ao pastel de nata, a oferta é muito diversificada. Mais de 40 mil visitantes pisam, semanalmente, os cinco mil metros quadrados de área concessionada à revista Time Out.

Morada: Time Out Mercado da Ribeira, Avenida 24 de Julho 49, Lisboa

Mercado de Algés

Este novo espaço, inaugurado no passado dia 8 de julho, conta com a concessão de exploração por uma empresa privada. Foram pensadas novas zonas, incluindo uma área de restauração onde figuram 12 espaços com ementas tão variadas que vão da comida tradicional portuguesa ao sushi, às sopas, ao marisco, aos hambúrgueres ou à comida italiana. Os visitantes podem usufruir ainda de duas esplanadas e um lounge. Na zona dos comerciantes de peixe, carne ou legumes impera a tradição já que as mudanças levaram à criação de um ambiente mais rústico com telhados em ripas de madeira.

www.mercadodealges.pt

Mercado do Bom Sucesso

O centro do espaço está ocupado por bancas de gelados, pastéis de nata, presunto, queijos ou café. Nas lojas, há perfumes, roupa ou mais produtos alimentares. Nos dois extremos do edifício classificado estão prontos o Hotel da Música e a sede de uma conhecida fundação. Atrás deste módulo está o designado Mercado de Frescos onde se vende fruta e legumes, numa espécie de minimercado. Há ainda uma banca de feijões e frutos secos, uma florista, um mercado biológico, um talho e charcutaria e uma banca de alfaces e outros legumes, como couves orientais.

Morada: Largo Ferreira Lapa, Porto

Fotogaleria

Mercado de Campo de Ourique, em Lisboa
Time Out Mercado da Ribeira, em Lisboa
Mercado de Algés
Mercado do Bom Sucesso, no Porto



A sua opinião é muito importante para melhorarmos!

Procuramos melhorar cada edição que fazemos. Contamos com a sua ajuda para avaliar este artigo e a revista b. Basta apenas 1 minuto.

Quero dar a minha Opinião