revista b · Roteiro Cultural

Para ver e ouvir

Da descoberta das infinitas possibilidades do amor, às memórias de Macau, pintadas a tinta de China, delicie-se com as propostas que lhe sugerimos para os próximos 3 meses.


Livros

Os Enamoramentos (Alfaguara), Javier Marías
Considerado o melhor livro do ano pela imprensa literária espanhola, ano ainda em que o seu autor foi distinguido com o Prémio Literário Europeu pelo conjunto da sua obra. É um romance inspirador sobre as infinitas possibilidades do amor e o poder que o enamoramento tem nas nossas vidas.

A Laranja Mecânica (Alfaguara), Andrew Biswell
Numa altura em que se comemora o 50.º aniversário do seu lançamento, este clássico da literatura regressa numa edição restaurada, organizada pelo biógrafo de Anthony Burgess. Além do texto original, descobrem-se entrevistas e artigos, bem como reproduções do manuscrito com ilustrações e anotações.

Uma História Para Contar (Bertrand Editora), Monica Ali
A Princesa Diana morreu num acidente de carro em Paris, mas e se tal não tivesse acontecido? É deste princípio que Monica Ali parte para escrever um livro que ficciona a pessoa que Lady Di seria hoje. A viver numa pequena cidade, Diana tem a oportunidade de uma segunda vida, mas continua ensombrada pelo passado.

Tranquilamente (Esfera dos Livros), Vítor J. F. Rodrigues
Como vencer o stress e a ansiedade, e viver uma vida mais calma e feliz? É este o objetivo de um livro que apresenta exercícios práticos para aprender a lidar com o stress, melhorar o sono, combater problemas digestivos e trabalhar as relações sentimentais. No fundo, um guia para uma vida mais serena.

No Palco da Memória (Sextante Editora), Cármen Dolores
Testemunho de uma longa vida recheada de desafios e sucessos, este é o segundo (e mais completo) livro de memórias de Cármen Dolores, considerada uma das maiores atrizes portuguesas de sempre. Nele, cruza tempos e memórias, fazendo um autorretrato, mas também traçando uma retrospetiva de uma época.




Discos

Delta Machine, Depeche Mode
Gravado entre a Califórnia e Nova Iorque, produzido por Ben Hillier e mixado por Flood, este é o novo trabalho da banda de Just Can’t Get Enough. Além da edição normal, estará também disponível uma edição deluxe com quatro faixas extra, acompanhadas por um booklet de 28 páginas. A banda britânica atua como cabeça-de-cartaz na edição 2013 do Optimus Alive, no dia 13 de julho.

Comedown Machine, The Strokes
Tem edição marcada para 25 de março em Portugal, mas já se encontra em pré-venda no site oficial da banda, em www.thestrokes.com. O quinto disco de originais dos The Strokes têm em All the Time o primeiro single de avanço, marcando, assim, o regresso da banda de Julian Casablancas (vocalista), Nick Valensi (guitarra), Albert Hammond, Jr. (guitarra), Nikolai Fraiture (baixo) e Fabrizio Moretti (bateria).

Love Songs, Destiny’s Child
Além de êxitos como Cater 2 U, Emotion, Say my name (numa versão remisturada por Timbaland) ou Heaven, gravado por Kelly Rowland, trata-se de uma compilação dos temas mais românticos do trio feminino. Além dos sucessos referidos, inclui ainda Neptune, o tema novo e original produzido por Pharell Williams, que é também a primeira gravação que Beyoncé, Michelle Williams e Kelly Rowland fazem juntas em oito anos.


The Master


Los Amantes Pasajeros

Cinema

The Master, Paul Thomas Anderson
É um dos grandes candidatos aos Óscares. Nomeado para as categorias de Melhor Ator (Joaquin Phoenix), Melhor Ator Secundário (Phillip Seymour Hoffman) e Melhor Atriz Secundária (Amy Adams), o filme, escrito e realizado por Paul Thomas Anderson, conta a história de um veterano da Marinha, do pós-segunda guerra, que regressa a casa com vulnerabilidades, deixando contagiar-se por uma causa religiosa e pelo seu carismático líder.

Los Amantes Pasajeros, Pedro Almodóvar
É um regresso sempre desejado e aplaudido. Com interpretações de Penélope Cruz, António Banderas, Paz Vegas e Lola Duena, a nova comédia de Pedro Almodóvar desenrola-se num avião cheio de histórias paralelas, muito ao estilo de Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos. A estreia está marcada para 18 de abril.

One Life, de Michel Gunton e Matha Holmes
Com estreia marcada para 11 de abril e narração a cargo de Daniel Craig, trata-se da transposição das histórias mais surpreendentes da vida animal para o grande ecrã, projetando o final das manhãs de domingo para o escurinho do cinema. O documentário convida o público a embarcar numa jornada de descoberta e aventura, patrocinada pela Natureza.


Espetáculos

Marisa Monte, Coliseu dos Recreios
Primeiro no Porto, dia 24 de abril. Depois em Lisboa, nos dias 27 e 28 de abril. A cantora brasileira sobe aos palcos dos coliseus com a tournée Verdade Uma Ilusão, em que apresenta O Que Você Quer Saber de Verdade, o seu mais recente trabalho, que tem Depois como primeiro single. www.coliseulisboa.com.

Cristina Branco, São Luiz
Acompanhada por Ricardo Dias ao piano, Bernardo Couto na guitarra portuguesa, Carlos Manuel Proença na viola de fado e Bernardo Moreira no contrabaixo, a fadista apresenta Alegria, o seu novo disco, onde conta doze histórias de vida, da vida de todos os dias. Dia 5 de abril, no Teatro Municipal São Luiz em Lisboa. www.teatrosaoluiz.pt.



Cristina Branco

Exposições

A Hora da Estrela, Fundação Gulbenkian
Integrada nas comemorações do Ano do Brasil em Portugal e na altura em que se assinalam 35 anos sobre a morte de Clarice Lispector, a mostra patente na Sala de Exposições Temporárias do Museu Calouste Gulbenkian passa em revista a obra da escritora através de textos, fotografias, documentos, recriando ainda cenários que a inspiravam. Para ver entre 5 de abril e 23 de junho. www.gulbenkian.pt.

Macau, Memórias a Tinta-da-China, Museu do Oriente
No ano em que se comemoram quinhentos anos de relações luso-chinesas, esta mostra reúne obras onde o pintor Charles Chauderlot retrata o passado marítimo de Macau, cidade que foi, em tempos, um próspero entreposto comercial para portugueses e chineses. Patente até 30 de junho. www.museudooriente.pt.



A Hora da Estrela