revista b / gourmet

Gourmet

A moda do brunch

O brunch combina o melhor de dois mundos, em propostas que aconchegam. Ou não fosse o seu nome original a combinação de breakfast (pequeno-almoço) com lunch (almoço).







É mais que um pequeno-almoço. Muito mais. A começar, pela hora, já perto da primeira grande refeição do dia e a estender-se tarde dentro. E a rematar com a proposta gastronómica – o sumo de laranja, a torrada e o café são literalmente ultrapassados por ingredientes mais condimentados e uma ementa mais cheia.

Mas também não é bem um almoço. Porque, aqui, não se trata de escolher uma sopa ou entrada, seguida de um prato principal e de uma sobremesa. Um brunch é isso mesmo, um misto dos dois, a combinação do melhor dos dois mundos.

Há anos que nos EUA é hábito, ao domingo, fazer um brunch. Em casa ou com amigos, domingo é dia de acordar mais tarde e deixar-se estar.

Cá a tendência chegou devagar, mas já se instalou com algum conforto. Convida à preguiça e à conversa, a estar em família, ou com amigos, sem horas. Por isso, o hábito foi-se criando em espaços que ganham agora novos clientes e diferentes horários (há casas onde os brunches se podem estender até às 16h).

As propostas, essas vão das mais simples às mais sofisticadas. As que ao pequeno-almoço mais tradicional acrescentam ovos, queijos, doces e pouco mais. E as que enchem a mesa, os olhares e afagam estômagos ao longo do dia. Salmão, carnes frias, cogumelos, compotas e bolos, carpaccio e marisco cruzam-se com variedade de pães e brioches, croissants e scones.

Não é breakfast nem lunch. É brunch e está na moda. De norte a sul do País.



Lisboa




Padaria Quinoa

É uma padaria biológica, que além de bolas de água e de diversas variedades de pães de centeio (com sementes, aveias, especiarias, passas e nozes, entre outros), também fabrica pão de quinoa, o grão dos Andes que dá nome à casa. Situada no largo Camões, no coração do Chiado, no antigo espaço de um antiquário, é também uma requintada casa de chá e loja gourmet de produtos biológicos.

Horário
De segunda a sexta, das 08h30 às 20h00.
Fins-de-semana, das 10h às 20h (sábados) / 19h (domingo)

Rua do Alecrim, 52-54, Lisboa
Tel. 213 479 326

Cafetaria Delidelux

Av. Infante D. Henrique, Armazém B, Loja 8

Horário
Aos sábados, domingos e feriados, entre as 10h e as 16h

Estufa Real

Jardim Botânico da Ajuda, Cç. do Galvão

Horário
Aos domingos, entre as 12h30 e as 16h

Chef Nino

R. Rodrigues Faria, 103, Lx Factory

Horário
Aos domingos, das 12h às 15h30

Bica do Sapato

Av. Infante D. Henrique Armazém B, Cais da Pedra, Santa Apolónia

Horário
Aos domingos, das 12h30 às 16h30



Porto


Book

R. de Aviz, 10

Horário
Aos sábados, das 12h às 16h

Taberna do Bonjardim

R. do Bonjardim, 450

Horário
Aos domingos, entre as 13h e as 16h

Tavi Confeitaria da Foz

R. Senhora da Luz, 363

Horário
Aos domingos, entre as 10h e as 16h



Outras localidades


Grande Real Villa Itália Hotel & Spa

Cascais

R. Frei Nicolau de Oliveira, 100

Horário
Aos domingos, das 12h30 às 16h

Chimio 3

Coimbra

Cafetaria Museu Da Ciência, Sé Nova

Horário
Aos sábados, das 11h às 16h

O Bairro

Aveiro

Lg. da Praça do Peixe, 24

Horário
Aos domingos, das 11h30 às 16h30

Casa das Natas

Braga

Rua Artur Garibaldi 37, Nogueira, 4715-162 Braga, Portugal

Horário
Aos domingos



Avalie este artigo e a revista b em A sua opinião.