revista b / cultura

Cultura

Portugal, palco do mundo

Todos os anos é um ritual que se repete. A partir de junho, ou até mais cedo Portugal transforma-se num enorme palco, com os seus festivais de música, que atraem milhares de fãs portugueses e estrangeiros.



Mesmo antes destes grandes festivais, já o Meo Outjazz de Lisboa deu o pontapé de saída, animando os fins de semana em parques, praças, jardins e outros locais públicos da capital. Um formato que se repete aos domingos no Porto, entre junho e setembro, com os concertos do Porto Sunday Sessions.

Dos festivais mais cosmopolitas, como o EDP Cool Jazz Fest de Oeiras ou o Remember Cascais, aos grandes eventos urbanos, como o Rock In Rio Lisboa, o Optimus Alive ou o Meo Marés Vivas, a oferta é grande e cobre todo o País, do Algarve até ao Minho. Para os mais aventureiros, à procura de uma oferta mais alternativa, Vilar de Mouros, Paredes de Coura, Meo Sudoeste e Andanças são excelentes opções.

O cartaz é vasto e para todos os gostos. Entre os míticos Rolling Stones, Robbie Willams, Buena Vista Social Clube, Joss Stone, José Cid, Ivete Sangalo, Justin Timbarlake, Caetano Veloso, Barry White, Rui Veloso, Xutos e Pontapés e uma multidão de novas bandas portuguesas e estrangeiras, o difícil vai ser ter tempo para ver tudo o que há para ver.





Meo Outjazz

ncs.pt/outjazz.php
Lisboa

2 maio a 28 de setembro

A oitava edição do Out Jazz arrancou a 2 de maio, num circuito de música por parques, jardins e locais públicos de Lisboa, e terminará em setembro. Este ano o Meo Out Jazz alongou a agenda, de dois para três dias de animação semanal. Começando sempre à sexta-feira pelas 18 horas e passando por locais como a Mata de Alvalade, o Cais das Colunas, o Miradouro do Torel, a Feira da Ladra e a Escadaria da Bica, entre outros. Os sábados e as sextas de setembro terão como local fixo o Martim Moniz, que acolherá concertos a partir das 17h, seguidos de DJs. Aos domingos mantém-se a fórmula original. O Meo Out Jazz apropria-se de um jardim a partir das 17h e até o sol se pôr. Aos concertos no Jardim da Torre de Belém (maio), suceder­‑se-ão os do Anfiteatro Keil do Amaral, em Monsanto (junho), do Jardim da Tapada das Necessidades (julho), do Jardim da Estrela (agosto) e do Parque Tejo (setembro). A entrada é livre.

Cabeças de cartaz

Mais de 60 artistas e bandas.


Rock in Rio Lisboa

rockinriolisboa.sapo.pt
Lisboa

25, 29, 30, 31 de maio e 1 de junho

O megaevento de World Music, que a brasileira Roberta Medina trouxe do Rio de Janeiro para a Europa, teve a primeira edição na capital portuguesa em 2004. Desde então, de dois em dois anos, o Rock in Rio anima o parque da Belavista, em Lisboa, com um cartaz variado onde pontuam as maiores estrelas mundiais.

Cabeças de cartaz

The Rolling Stones, Linkin Park, Robbie Williams, Justin Timberlake, Arcade Fire, Ivete Sangalo, Paloma Faith, Boss AC, Aurea, Gary Clark Jr., Xutos & Pontapés, Rui Veloso, Queens of the Stone Age, Steve Aoki, Linda Martini, Kika e muitos mais.


NOS Primavera Sound

nosprimaverasound.com
Porto

5-7 junho

Terceira edição de uma aposta ganha e que se está progressivamente a afirmar como um dos melhores festivais de verão. Pelos palcos instalados no cenário idílico do Parque da Cidade do Porto, passarão vários nomes consagrados e muitos jovens talentos, num cartaz que engloba mais de 50 bandas de todos os estilos, do pop/rock ao soul.

Cabeças de cartaz

The National, Caetano Veloso, Neutral Milk Hotel, Charles Bradley, Frank Black, Pixies Kendrick Lamar, Slowdive, Television, Spoon, Nicolas Jaar, Darkside, o dinamarquês Trentemoller e as irmãs Haim entre outros.


ERP Remember Cascais

facebook.com/ERP.RememberCascais
Cascais

13-14 junho

É um evento revivalista dedicado à música dos tops dos anos 80. Vai este ano para a terceira edição, com a novidade de ter antecipado as datas dos concertos de setembro para junho. Mantém-se no Hipódromo de Cascais, a uma centena de metros da baía e da cidadela, atraindo um público cosmopolita de várias idades. O músico norte-americano Barry White será este ano recordado num concerto de homenagem, que incluirá os seus temas de maior sucesso.

Cabeças de cartaz

Kim Wilde, Rick Astley, Lena d’Água e os Rock’n’Roll Station, Bananarama e Billy Ocean e homenagem a Barry White.


Porto Sunday Sessions

facebook.com/PORTOSUNDAYSESSIONS
Porto

Todos os domingos, das 16h às 20h, entre 22 de junho e 28 de setembro

Num formato semelhante ao do Outjazz de Lisboa, o Porto Sunday Sessions anima as tardes dos domingos de verão da capital do Norte, espalhando-se por três zonas verdejantes da cidade: o Parque da Cidade (junho e setembro), o Passeio Alegre (julho) e o jardim de São Lázaro (agosto).
Um cartaz variado, para toda a família. Anime-se e saia de casa para ouvir boa música nacional.

Cabeças de cartaz

Salto, The Weatherman, António Zambujo, Mónica Ferraz, Rui Trintaeum, Miguel Bruschy, Sininho e Manuel Fúria são alguns dos potenciais nomes em cartaz.



Sumol Summer Fest

www.sumolsummerfest.com
Ericeira

26-28 junho

O festival dos surfistas, este ano em 6.ª edição, junta música, surf, praia, amigos e good vibes, num ambiente juvenil e descontraído.

Cabeças de cartaz

Ky-Mani Marley, Anthony B – Lutan Fyah, Perfect Giddimani, John Butler Trio, Cidade Negra, Protoje, Angus & Julia Stone, Bomba Estéreo, D8, Supa Squad e Popcaan.


EDP Cool Jazz Fest

www.edpcooljazz.com
Oeiras

3, 5, 10, 13 e 20 julho

O mais glamoroso dos festivais de verão, com grandes vozes da pop, do jazz, da soul music e dos blues. O cartaz deste ano respeita a tradição das edições anteriores, combinando músicos consagrados com surpreendentes estrelas em ascensão, nesses magníficos cenários que são os Jardins do Marquês de Pombal e o Parque dos Poetas, em Oeiras.

Cabeças de cartaz

Buena Vista Social Club, Suzanne Vega, Pink Martini, José James + Laura Mvula e Gregory Porter.


Optimus Alive

www.optimusalive.com
Oeiras

10-12 julho

O megafestival de Lisboa, no passeio marítimo de Algés, à beira­‑Tejo, com vários palcos e muita animação a partir do fim da tarde. O Palco Optimus Clubbing é local de peregrinação para os adeptos de música eletrónica.

Cabeças de cartaz

Artic Monkeys, The Black Key’s, Foster the People, Imagine Dragons, Elbow, Buraka Som Sistema, Sam Smith, Bastille, Nicolas Jaar, entre muitos outros.


Super Bock Super Rock

www.superbock.pt/sbsr/pt
Meco

17-19 julho

É o mais antigo dos festivais de Lisboa. Organizado desde 1995, começou por ser um festival urbano, realizado na zona do Parque das Nações, debaixo da ponte Vasco da Gama. Desde 2010 que passou para o Meco, em Sesimbra, ganhando um ambiente mais descontraído e em linha com as férias grandes de verão.

Cabeças de cartaz

Massive Attack, Woodkid Kasabian, Disclosure, Eddie Vedder, Foals, Tame Impala, The Legendary Tigerman, The Kills, Metronomy, Cults, Albert Hammond Jr., Jake Bugg, Skaters, The Cat Empire, Dead Combo, Erlend Øye, C2C, Panda Bear e Vintage Trouble.


Meo Marés Vivas

maresvivas.meo.pt
Vila Nova de Gaia

17-19 julho

É um dos maiores festivais do Norte, com três palcos, por onde passam alguns dos grandes nomes da música nacional e internacional, emoldurados pela vista do Cabedelo, em Vila Nova de Gaia.

Cabeças de cartaz

Portishead, The Prodigy, Skrillex, Joss Stone, Xutos & Pontapés, James Arthur.



Vilar de Mouros

www.festivalvilardemouros.com
Caminha

30 julho-2 agosto

É o mais antigo festival de rock de Portugal, com origens que remontam à 1971, quando reuniu mais de 30 mil pessoas, naquele que foi considerado o Woodstock português, com a presença de Elton John, entre muitas outras estrelas. Depois de um interregno de sete anos, Vilar de Mouros está de regresso à agenda dos festivais, com um cartaz que se afasta do purismo do rock e se abre a outros géneros musicais.

Cabeças de cartaz

José Cid, Xutos & Pontapés, Capitão Fausto, Trabalhadores do Comércio, maestro Rui Massena.


Andanças

www.andancas.net/2014/pt
Castelo de Vide

4-10 agosto

O Festival Internacional de Danças Populares é o mais tradicional dos festivais de verão, conjugando música e danças populares de vários pontos do globo, com áreas artísticas como o teatro, as artes plásticas, o cinema e o circo. Uma espécie de evento folk, onde a responsabilidade ambiental está na ordem do dia.

Cabeças de cartaz

Ainda não divulgadas.


MEO Sudoeste

sudoeste.meo.pt
Zambujeira do Mar

6-10 de agosto

Na Herdade da Casa Branca, em pleno agosto, o MEO Sudoeste atrai um público jovem. Tem componente de festival hippie chic. É um dos mais importantes festivais de verão em Portugal, pois concentra uma vasta gama de músicos de vários estilos, que vão do reggae ao rock, passando pela música eletrónica, e até mesmo pelo Fado.

Cabeças de cartaz

Jamie Cullum, Ellie Goulding, John Newman e um verdadeiro desfile dos melhores DJs do mundo, entre os quais David Guetta, Hardwel, Dimitri Vegas e Mike Lijke, entre muitos outros.


Vodafone Paredes de Coura

www.paredesdecoura.com
Paredes de Coura

20-23 agosto

É um dos clássicos, com os seus mais de 20 anos de vida. E um dos mais emblemáticos festivais não urbanos do País. O Vodafone Paredes de Coura demarca-se dos demais festivais de verão pela sua oferta musical. O anfiteatro natural da praia fluvial do Taboão revelará novos talentos, confirmará promessas e consagrará alguns nomes da música portuguesa e internacional.

Cabeças de cartaz

Franz Ferdinand, James Blake e os 1-800-Dinosaur, Cage The Elephant, Beirut, numa galeria onde pontuam músicos excecionais de todos os estilos e de todas as geografias.


Indie Music Fest

facebook.com/indiemusicfestofficialpage
Baltar-Paredes

4-6 setembro

Segunda edição do Indie Music Fest, com artistas convidados que representam os novos sons deste canto da Europa. O festival integra ainda teatro, demonstrações desportivas, exposições de pintura, fotografia e artesanato sempre sobre o lema de “um festival Indie para gente Indie”.

Cabeças de cartaz

Sensible Soccers, Nuno Forte, Solution, Peixe:Avião, Bed Legs, Juba, Holy Nothing.